Sequência Didática: Receita de Brigadeiro

Olá pessoal, tudo bem?

Essa semana apliquei uma sequência didática com o gênero textual “Receita Culinária”, aproveitei a sequência para a atividade proposta pelo PNAIC (PACTO) e fiz junto com as atividades da Lousa Digital que precisava aplicar também, uni o útil ao agradável e fiz os dois na mesma temática! rs ;)

 SEQUÊNCIA DIDÁTICA

Tema: Gênero receita culinária

Planejamento e aplicação

Para iniciar a Sequência Didática, solicitei aos alunos que enviassem como tarefa uma receita culinária de sua preferência.

No dia seguinte, iniciamos a aula com “O sanduiche da Maricota” de Avelino Guedes (quem quiser a história digitalizada, o blog Mundinho da Criança disponibiliza ele AQUI), enfatizando a receita e os ingredientes utilizados no decorrer da história. Após breve conversa sobre “O sanduiche de Maricota”, retomamos as receitas que os alunos trouxeram de casa, analisando a estrutura do texto e seus componentes como um todo, a fim de observarmos as características existentes em um texto de gênero receita culinária.

Em seguida, elencamos quais receitas eram doces e quais eram salgadas, quais receitas eram mais conhecidas pelos alunos e qual era a receita preferida da turma. Com essas informações montamos um gráfico para melhor visualização.

Retomamos nossas atividades sobre receita culinária com o auxílio da Lousa Digital, nela realizamos diversas atividades relacionadas ao tema e pertinentes para a compreensão dos alunos. A Lousa Digital é uma ótima maneira de chamar a atenção dos alunos e tornar as aulas mais dinâmicas e prazerosas.

Para tanto, utilizamos as seguintes atividades:

No segundo dia de aplicação da sequência didática, iniciei com a história do “Camilão, o comilão” de Ana Maria Machado (quem quiser a história digitalizada, o blog Alfabetização Cefapro de Pontes e Lacerda disponibiliza ele AQUI), retomando a aula do dia anterior.

Em seguida, solicitei aos alunos para que escrevessem a receita do brigadeiro da maneira que lembrassem, com seus ingredientes e modo de preparo. Após a escrita dos alunos, elaboramos um texto coletivo, reescrevemos tal texto reestruturando-o de forma a se tornar uma receita culinária. E por fim, observamos mais uma receita de brigadeiro:

Depois de muitos estudos sobre o tema, fizemos um delicioso brigadeiro utilizando a receita acima, onde todos os alunos participaram, relembrando a receita, seus ingredientes e modo de preparo, e ajudando na manipulação dos ingredientes.

 

A sequência didática foi realizada com sucesso, os alunos adoraram escrever receitas, principalmente na hora de por em prática a receita que estudamos. Acredito que tenha alcançado o objetivo desejado, pois os educandos compreenderam a função social de tal gênero textual, além de terem adorado a experiência de manipular a Lousa Digital.

Foi uma atividade muito gratificante, os alunos amaram a Lousa Digital e se divertiram mais ainda na elaboração dos brigadeiros. Aprender brincando é mais divertido! ;)

Beijos e até a próxima!