“O tempo” – Compreensão da passagem do tempo

Olá pessoal, tudo bem?

Realizei com meus alunos de 1º ano, a um tempo atrás, algumas atividades de linguagem e matemática, relacionando-as com o livro “O tempo” de Ivo Minkovicius. A ideia principal seria trabalhar a compreensão dos alunos sobre o tempo, como o percebemos e entendemos tal assunto. Para isso, apliquei as seguintes atividades:

Planejamento e aplicação

Primeiro dia

Leitura do livro: “O Tempo”, seguida de conversa sobre a temática abordada pelo livro, realizando assim uma interpretação oral. Neste momento, questionei os alunos sobre como compreendem o tempo, sendo que a grande maioria relacionou-o com o tempo climático, relatando o tempo como chuvoso, ensolarado, entre outros. Em seguida, conversamos sobre como podemos contar o tempo no relógio, no calendário e outras diversas formas que podemos entender como “tempo”.

Partindo da história, fizemos uma lista de palavras, onde os alunos, coletivamente, falavam coisas que consideravam coerentes com o texto. As palavras foram as seguintes: relógio, calendário, data de nascimento, aniversário, idade, dia, mês e ano. E por fim, os alunos fizeram desenhos, ilustrando a história trabalhada. Esses desenhos foram colocados no mural “Nossas Histórias”, situado em uma das paredes da sala de aula.

Segundo dia

Neste dia confeccionamos um livro intitulado “Como usamos o nosso tempo?” (Retirei a capa do nosso livrinho do site Amo Matemática Infantil), onde fizemos frases coletivas sobre quatro diferentes momentos do dia (de manhã, ao meio dia, à tarde e à noite), sendo ilustrado após cada frase. Este tinha como finalidade fazer com que o aluno compreendesse a passagem do tempo no seu dia-a-dia.

Terceiro dia

Iniciamos a terceira aula confeccionando um cartaz com as figuras que os alunos trouxeram de casa, as quais foram solicitadas no dia anterior como tarefa. Essa atividade tinha a finalidade de fazer os alunos repensarem o que compreendem sobre o tempo.

Foi construído, juntamente com os alunos, um relógio do tempo. Expliquei para que serve um relógio convencional e como o utilizamos, em seguida confeccionamos um relógio que, ao invés de números, tinha os climas encontrados no nosso dia-a-dia, como frio, calor, chuva, entre outros.

 

Quarto dia:

Em um cartaz foi disposto o poema “O relógio” de Vinicius de Morais, texto este que foi lido e conversado com a turma, relacionado-o com o livro “O tempo”. Em seguida, convoquei os alunos para que encontrássemos as vogais em tal texto, feito isso, todos os alunos, um a um, vieram até o cartaz e circularam uma das letras que encontraram.

Após a decoração do nosso cartaz com pintura de relógios, os alunos construíram um gráfico com as vogais encontradas em tal poema, elencando as mais utilizadas e as que menos apareciam no texto.

 

Com essas atividades, trabalhei a compreensão de tempo, partindo das ideias dos próprios educandos. Uma forma prática e simples de trabalhar tais conceitos.

Beijos e até a próxima!